Close

5 de julho de 2018

Proposta de garantia mais simples e barata foi a chave do sucesso do Fiança Fácil

Até 2016, quem alugava um imóvel enfrentava um verdadeiro dilema: pedir a algum parente para ser fiador, algo muitas vezes desconfortável, depositar no primeiro mês o triplo do valor do aluguel em forma de caução ou, sempre em último caso, “enfrentar” o seguro fiança, que até os próprios administradores imobiliários avisavam que poderia custar até três vezes o valor do aluguel, a ser pago em no máximo quatro prestações, e renovado anualmente. Geralmente, a escolha ficava mesmo entre as duas primeiras modalidades, a menos que não houvesse alternativa, o que impactava o mercado negativamente. “Analisando os números do primeiro semestre de 2014 nós percebemos que havia uma tendência clara de aumento do prêmio do seguro sem o crescimento em novos negócios, o que significava que ele estava ficando cada vez mais caro e inacessível”, conta Maria Cristina Caldeira, diretora técnica da Unioncorp Corretora de Seguros. Segundo ela, à época a modalidade respirava por aparelhos. “Diante daqueles números, se aplicássemos a inflação vigente, teríamos um cenário de queda de negócios do seguro fiança, indicando que o produto estava em perigo. Por isso fomos ao mercado entender as necessidades e encontrar uma solução”, explicou a diretora.

Mais barato e previsível

Para chegar a um modelo que atendesse às exigências do mercado, a Unioncorp encontrou na Pan Seguros um parceiro de confiança para desenvolver conjuntamente o produto, que se tornou mais acessível ao trazer garantias essenciais para a manutenção da renda do proprietário sem onerar demais o inquilino. Além disso, quebrou paradigmas do modelo vigente, de análise de risco com taxa variável – em que o preço de seguro varia de acordo com a probabilidade de inadimplência do inquilino –, o novo produto adotou a taxa fixa e o parcelamento do valor em 10 vezes. Lançado em abril de 2016, o Fiança Fácil “tornou a modalidade do seguro fiança, além de mais barata, mais previsível. O interessado em alugar passou a sair da imobiliária sabendo quanto custa e como isso poderia se encaixar no seu orçamento” conforme explica o diretor da Pan Seguros, Marcos Carvalho. Segundo ele, o sucesso do produto está em atender a uma demanda antiga do mercado por um produto mais enxuto. “Até então eram colocadas todas as coberturas previstas pela legislação e o que nós, em parceria com a Unioncorp, detectamos, foi que o mais interessante era oferecer um seguro que fosse efetivo para garantir os aluguéis e encargos sem encarecer demais o prêmio. Com o Fiança Fácil, conseguimos as duas coisas”, pontua. Outra inovação do produto foi aplicar tecnologia aos processos, como poder calcular o valor do seguro fiança em tempo real, por meio do portal do Fiança Fácil (www.fiancafacil.com.br), e o envio digital de documentos, acelerando a contratação. “Em relação à garantia, hoje o inquilino precisa ir até a imobiliária apenas para a assinatura final do contrato, toda a documentação é enviada pela internet, trazendo mais agilidade e conveniência ao processo”, explica Sérgio Gamba Júnior, diretor da Unioncorp. Segundo o diretor, pelo portal Fiança Fácil, qualquer pessoa pode calcular na hora o preço do seguro fiança para o seu imóvel. No entanto, a contratação pode ser feita apenas por meio das imobiliárias parceiras. “Com isso, fortalecemos o mercado imobiliário e, no processo, também começamos a trabalhar com novos parceiros que desejam incorporar o produto para levar uma garantia com todos os benefícios do Fiança Fácil”, explica.

Bom para os negócios

As imobiliárias que acreditaram na solução hoje contam com carteiras confiáveis de locação. Ioanni Stivim, da Stivim Imóveis – Zona Norte de São Paulo -, hoje conta com o seguro fiança em 70% das suas locações. “Substitui muito bem a caução e o fiador, uma vez que não é caro. Foi muito bem aceito pelos nossos clientes pela simplicidade”, explica. Vagner Pimentel, da Imobiliária Pimentel – Barueri – também revela que tanto locadores quanto inquilinos se sentiram satisfeitos. “Uma das maiores vantagens é poder parcelar em até 10 vezes sem juros. Nós sempre tivemos a cultura da caução, mas atualmente mais de 50% da nossa carteira já é com seguro fiança”, comenta. A Nuclear Imobiliária, da Zona Leste de São Paulo, também tem alcançado excelentes resultados. “Até pelo perfil da nossa região tínhamos um alto índice de depósito, mas investimos em treinamento para a nossa equipe e informação para o cliente, que passou a entender a necessidade de contar com uma garantia efetiva”, conta Luzia Souza, gerente Comercial da empresa, que hoje tem cerca de 50% dos imóveis locados com seguro fiança.

Segundo a diretora da Unioncorp, o produto deu uma nova perspectiva e iniciou uma tendência dentro do mercado. “Diferentemente de dois anos atrás, hoje as seguradoras entenderam a necessidade de se trabalhar com um produto mais enxuto, que desse viabilidade para essa ‘super garantia’, que é o seguro fiança. Hoje, muitos dos nossos parceiros estão trabalhando também com a ideia de que o responsável pelo pagamento do seguro é o locador, trazendo um olhar moderno e alinhado ao futuro do mercado de locação para este produto”, finaliza Cristina.

Gostou? Curta e compartilhe esse post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Curtiu o post? Compartilhe!

  • RSS
  • Facebook
  • Google+
    https://www.unioncorp.com.br/proposta-de-garantia-mais-simples-e-barata-foi-a-chave-do-sucesso-do-fianca-facil">
  • Twitter
  • LinkedIn